sexta-feira, 12 de outubro de 2018

quinta-feira, 11 de outubro de 2018

(da minha) simplicidade*


e do conforto que escolho vestir (por dentro e por fora), todos os dias.

como sempre*



quarta-feira, 10 de outubro de 2018

faço a minha sorte*

não imponho as minhas crenças mas não escondo a minha fé. tenho sempre um sorriso na cara porque no meu coração só me permito carregar gratidão. sigo a acreditar que a vida não precisa de desculpas, mas sim de gente corajosa. olho para dentro e sei que as coisas boas não se questionam, abraçam-se. houve um dia que o meu mundo parou, depois girou, rodopiou e rodopiou e eu aprendi a nunca mais parar de acreditar em mim mesma. e mesmo quando chegam os dias muito nublados, em que (quase) tudo parece perdido e com tão pouco sentido, há sempre uma janela aberta (cá dentro) a lembrar-me que entre o que tira e o que traz, a Vida sabe o que faz. 
agradeço. e sigo em frente.

mantra para todos os dias*



terça-feira, 9 de outubro de 2018

coisas ( muito ) bonitas que li*

‘’Porque eu consigo. Porque eu quero. Porque é possível. Porque vai me fazer bem (só a mim e a mais ninguém). Porque desistir não pode ser uma opção o tempo todo e para tudo aquilo que parecer difícil. A gente quer mudar, transformar nossa vida, sair da zona de conforto, mas fica sempre esperando pelo resgate, pela megasena, por alguém que nunca vem. Salve-se de você mesma e seja a sua própria heroína. A sensação é boa demais.’’ 

| Lua Fonseca |  

cuido de mim todos os dias*


bebida de amêndoa, granola caseira, agave, amoras, framboesas e romã. sabe a abraços, dos grandes.

p.s:


segunda-feira, 8 de outubro de 2018

o meu chão seguro*

e a certeza de que quanto mais trabalho, mais sorte tenho. 

há sempre*




domingo, 7 de outubro de 2018

querida casa nova*


há um tempo certo para arrumar a casa-que-somos. para limpar a alma e prepará-la para o que vem a seguir, para pedir ao coração que bata mais devagar, que respire mais fundo, que serene. há um tempo certo para renovar a esperança no que de bom vem pela frente. porque queremos e porque merecemos. há um tempo certo para pedir à vida que nos ensine a ter sempre fé, a ter sempre amor, a ter sempre um pensamento positivo e a perceber que esse tempo certo é [ sempre ] agora.  

do-min-go*




sábado, 6 de outubro de 2018

parar e respirar*

e encher os dias de coisas muito boas.

sobre tudo aquilo em que acredito. muito.*

todos os pontos se ligam. não há nada que nos aconteça por acaso. não há nada que – mais cedo ou mais tarde – não se explique. neste dar e tirar da vida, é preciso estar atento ao que pensamos, ao que damos e ao que perdoamos. nenhuma acção ou escolha passa despercebida. e se é amor, luz e paz que queremos receber, é do lado de cá que essa boa energia tem de partir. 
há momentos nas nossas vidas em que podemos esperar, guardar para depois. há outros em que agora tem mais força do que nunca.  

todos, todos os dias*


sexta-feira, 5 de outubro de 2018

coisas bonitas no ( meu ) caminho*


dia 27, às 17h, lá estarei, com uma Talk bonita e muito, muito amor.

desta semana*


todos os dias penso em três coisas pelas quais estou grata. mesmo naqueles dias em que parece que tudo corre mal, consigo sempre encontrar pelo menos três coisas. a gratidão muda, todos os dias, a forma como vivo e como percepciono a minha vida. muda o meu foco e aquilo que, de verdade, importa em mim e à minha volta. esta semana foi muito feita de gratidão. de dias cheios de coisas e pessoas muito doces. de uma sessão muito especial com o Pedro (e o outro Pedro), de trabalho-trabalho-trabalho e de uma lista de suficiente que sigo e cumpro religiosamente. foi cheia de generosidade e do último evento solidário da Raquel antes da sua partida em missão. foi feita de um cansaço acrescido pela mudança de casa ( que ainda vai a meio ) e que foi equilibrada com tudo o resto da vida: a aulas, as actividades, as reuniões, as deslocações, as perguntas, as respostas, os emails, as mensagens, o meu terceiro livro, as minhas sessões de coaching e as de mentoring, agenda muito cheia, uma conferência a terminar a semana ( e o meu coração tão agradecido por ter conhecido pessoas que admiro há tanto, tanto tempo ) e uma luz a irradiar por dentro e por fora que nunca, por nada, se apaga. foi uma semana mais-curta-e-tão-enorme. e daqui até ao dia 16 de Dezembro já sabemos: tudo igual. intenso, muito intenso. e nós agradecidos, mas mesmo muito agradecidos.

resumo da semana ( e da nossa vida )*




quinta-feira, 4 de outubro de 2018

p.s:


focar no pensamento positivo. mudar tudo o que nos trava o voo. não desistir dos sonhos, não ter medo de dizer sim. acreditar que mesmo na mais profunda escuridão há sempre um ponto de luz que brilha e que é nele que nos devemos fixar. aprender a agitar a vida, como se fosse um grande copo de água com açucar no fundo. fazer a fila andar, levantar o som, rir alto, dar menos importância à opinião dos outros (e muito mais à nossa), varrer para longe as más energias e trazer as boas para dentro. afastar de quem mói e remói e aproximar de quem traz leveza. estar atento e não deixar ofuscar o nosso brilho interior.
todos os dias podem ser novos começos de ciclo. num abraço demorado que damos a nós mesmos, cheio de força e de fé. 
fecha os olhos, respira fundo, acredita e vai. podes arriscar perder - algumas coisas. e podes, podes mesmo, arriscar ganhar. tudo.

por ti, só tu podes*