segunda-feira, 20 de novembro de 2017

ser feliz | as minhas dicas para esta semana*

#1. leveza | ter por perto pessoas felizes. apreciar as pequenas alegrias. ficar inteira em cada momento. dar. ouvir com o coração. ver o outro lado (das pessoas, dos problemas, da vida). escrever uma carta de gratidão. sair de casa. ver o mar. prestar atenção. abraçar. sentir assombro. perceber que a maior aventura da vida é a que vivemos cá dentro.

#2. força interior | aceitar a nossa vulnerabilidade e a impossibilidade de controlar todas as condições de sucesso. ter a certeza de que o único lugar imune à crítica (sobretudo à mais implacável, a nossa) é aquele em que não tentamos. começar os dias a dar espaço ao risco de falhar, a não ter medo de expor ao erro, a habilitar à crítica. começar o dia a ser eu, na esperança convicta de que isso, se íntegro e inteiro, basta. é um caminho difícil, mas é o único caminho de sucesso que verdadeiramente importa.


#3. clareza | coloca intenção no que te faz – verdadeiramente – feliz. não mudes as tuas escolhas em função das necessidades alheias. faz mais por ti, para ti. quando te sentires sem fé, desmotivado ou desligado de tudo e de todos (até de ti mesma), estás no ponto certo, na hora certa e no lugar certo para mudar. agarra esse sinal. faz uma escolha corajosa: escolhe com o coração. desapega-te dos resultados. livra-te das expectativas. não fales: sente. faz-te esta pergunta: onde escolhes permanecer e onde escolhes sair? a primeira coisa que te vier à cabeça é a que o coração te quer mostrar. confia. confia. confia. 
» créditos imagem | unsplash

20 | sobre acreditar e arriscar*



domingo, 19 de novembro de 2017

ser o bem de alguém*

lisboa. aula magna. nouvelle vague. #8
o amor escrito com letras maiúsculas. o efeito borboleta e o resto que aconteceu por si. o fio invisível que ligou as montanhas de lá às colinas de cá. a força maior que nos aproximou, apaixonou, colou. a volta de 180º de uma vida dentro da nossa vida. o m de mais. e o sim que nos casou todos os dias.
aula magna. nouvelle vague. #8.
há histórias que estão escritas para um dia se cumprirem. 

19 | ❥ P de Pedro, de Porto-seguro e de Para-sempre


sábado, 18 de novembro de 2017

sobre o dia de hoje*

agradeço sempre por tudo o que me acontece na vida. não me poupo na energia da gratidão. digo sempre obrigada e muito obrigada. acredito profundamente na generosidade da vida. acredito que nunca tira nada sem dar, e que nunca pede nada sem retribuir. [demore o tempo que demorar]
sabia que neste dia me esperava um bom desafio: treinar e motivar 50 alunos da universidade do porto para um dia muito importante nas suas vidas. sabia quem era a minha audiência, sabia com que expectativas esperavam por este dia, sabia como tinha que me preparar, que nervoso (gigante) teria de superar e sabia - tinha a certeza - que me iria divertir. foi tão enriquecedor poder ouvi-los e foi tão gratificante poder partilhar o meu percurso, poder mostrar como tem sido feito de tentativas e erros, de muitos medos e tantas dúvidas, mas também de muita força, fé, resiliência, atitude positiva, gratidão e humildade.  conheci pessoas com vontade de fazer a diferença, e poder estar ali foi um dos melhores presentes que recebi este ano. 
agradeço à FEP por esta oportunidade que me fez tão feliz. agradeço aos alunos que me receberam tão bem. agradeço aos outros oradores pela generosidade nas ferramentas que partilharam. e agradeço à vida por tudo o que tira, por tudo o que dá.

18 | mantra para todos os dias*


sexta-feira, 17 de novembro de 2017

(d)esta semana*

#1. há um momento em que olhar para trás é fundamental para percebermos o quão fortes, corajosos e resilientes somos. esta semana parámos para agradecer tudo o que vem pela frente, todos os frutos bonitos que começamos a colher nascidos das sementes que fomos plantando com amor, dedicação e paciência ao longo de um (longo) ano. 

#2. somos muito mais do que aquilo que os outros pensam de nós. e esta premissa é fundamental na hora em que dúvidas, medos, ansiedades e inseguranças teimam em querer sentar-se ao nosso lado. esta semana o lado Luz voltou a ser mais forte, a ser maior, a acrescentar mais amor, a trazer novos caminhos, a construir pontes e a encolher os ombros ao(s) que preferem construir muros. 

#3. o mais simples é, quase sempre, também o mais importante. e tantas vezes o maior desafio da vida está em ver [tudo e todos] para além do óbvio.  esta semana foquei-me no que de bom me aconteceu e abstraí-me de tudo o que foi menos bom. sei que é esta a leveza que todos precisamos de carregar no peito. e também sei que, no resto, é deixar que a vida faça o que de melhor sabe fazer: pôr cada coisa [e pessoa] no devido lugar. 
de tudo, fico somente com o que me traz calma à alma e paz ao coração. 

» créditos imagem | violeta cor de rosa

17 | espírito de(sta) sexta-feira ❥


quinta-feira, 16 de novembro de 2017

o que se ouve, o que se lê & o que se vê por aqui ❥

«Há coisas que pertencem a um tempo e pronto. Coisas que obedecem a barómetros indomáveis. Barómetros que se estão nas tintas para os calendários inventados. A temperatura. A luz. A água pela qual todos ansiamos e que ainda não é suficiente, apesar das chuvas recentes. Porque são esses os principais barómetros. São esses os que nos dizem que é chegado o tempo. Aquele tempo de dentro. Interior. Aquele tempo em que vamos vendo a luz do dia a cair e, com isso, só aquela vontade de chegar a casa. Como se nada pudesse ser mais importante do que isso de chegar. Finalmente, então. Finalmente, aquele gesto de acender o lume e de sentir que é só certo que assim seja. E que o resto acontece, por pertencer a este agora.» | in, coisas d’amar |

música

livros

filmes | séries | documentários
the sinner | mindhunter | doctor foster

» créditos imagem | mikuta 

16 | sobre as respostas certas*



quarta-feira, 15 de novembro de 2017

coisas boas acontecem | FFC Pitching Talent


 
é um dos melhores convites deste ano e vai ser uma honra poder trabalhar com 50 jovens talentos. 
obrigada FEP por este desafio tão especial!

ser feliz e ponto*

há um dia na tua vida em que percebes que estás exactamente no lugar onde a Vida te trouxe e que os Seus timings são perfeitos. que tens contigo e dentro do peito exactamente as pessoas que precisas porque Ele se encarregou de afastar quem não te fazia falta. 
nesse dia caminhas pelas ruas do mundo e bebes o vento das terras por onde andas com um sentimento de gratidão e sorris. vês a vida em slow motion, sabes de onde vieste e onde estás. sabes que és feliz. e isso basta-te.

» créditos imagem | unsplash

15 | escolho crer para ver ❥



terça-feira, 14 de novembro de 2017

keep it simple*

um sorriso genuíno será sempre a melhor maquilhagem que podemos usar. um bom astral, uma energia positiva, será sempre o melhor acessório que podemos usar. uma pessoa segura dentro de um corpo saudável, será sempre a pessoa mais bonita em qualquer lugar. e estas três forças somadas, serão sempre o melhor íman de coisas boas. 
bonito é sentirmo-nos bem na simplicidade da pele que há em nós. bonito é saber simplificar, na roupa como na vida. bonito é ver para além do que se aparenta. porque é esse o lado que brilha sempre, mas sempre, com mais força.
 
as minhas escolhas para esta semana:

1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7  & seguir esta pessoa-inspiradora


» créditos imagem | mikuta

14 | coisas simples que peço à Vida*


segunda-feira, 13 de novembro de 2017

ser feliz | as minhas dicas para esta semana*

#1. alegria | odiar menos e amar mais. importar-nos menos e rir mais. falar menos e ouvir mais. temer menos e arriscar mais. julgar menos e aceitar mais. olhar menos e fazer mais. querer menos e alcançar mais. trazer a energia boa (e simples) da natureza para dentro. e nunca esconder a alegria de viver.

#2. autoestima | gostar de nós devia ser simples, natural, orgânico. e ainda assim, em tantos momentos da vida em que nos pomos à prova, dependemos muito mais do amor e da validação dos outros do que do nosso amor por nós próprios. gostar e cuidar da pessoa que somos é tarefa nossa. e deve ser tão prioritário e tão essencial quanto respirar.

#3. aceitação | encarar com mais leveza as etapas que vão surgindo. não cair no conto que diz que a vida é muito complicada: na maior parte das vezes, complicadas são as pessoas. o caminho exige acreditar na força que temos. exige desapegar do que já foi e abrir o coração para o que virá. exige encarar os dias sem dramatizar. exige que em cada tropeço e em cada queda se aprenda a resgatar (a fé), a recuperar (o fôlego), a reiventar (a esperança) e a confiar que demos o nosso melhor para ser a melhor versão da pessoa que batalhamos para ser.


» créditos imagem | patrícia martins

13 | não te distraias da vida*